No último dia do período, viajámos até à corte medieval do reino da fantasia, evocando a poesia no feminino, vinda das cantigas de amigo da era trovadoresca, mas também a dança e a magia. Integrada na Poesia Livre promovida pela CMST, a atividade terminou com a poesia de Ana Luísa Amaral.