No âmbito do projeto “Contributos da tecnologia no desenvolvimento do processo de ensino” que esteve a ser desenvolvido pela estagiária Ana Margarida Fernandes, as crianças do pré-escolar da Escola Básica de São Tomé de Negrelos, durante este 1º. Período, deram os primeiros passos na Robótica Educativa.

Segundo Clements e Nastasi, as crianças da Educação Pré-Escolar devem beneficiar da integração das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), pois estas podem oferecer oportunidades para a criação de ambientes de aprendizagem motivadoras, construtivos e criativos. A tecnologia educativa deverá servir como uma contribuição para tornar o processo educativo mais eficaz, visto que pode “reforçar as interações sociais, as atitudes face à aprendizagem, a motivação intrínseca e a competência percecionada.” (2002, p.597)

A robótica permite à criança desenvolver múltiplas e diversas competências, tais como a resolução de problemas, o desenvolvimento do raciocínio lógico e pensamento abstrato e a promoção do trabalho colaborativo e comunicação oral.