Há 350 milhões de pessoas que sofrem de daltonismo em todo o mundo, uma alteração congénita que limita a capacidade de distinguir as cores.
Por isso, na Escola Básica de Vila das Aves, numa parceria com a Câmara Municipal de Santo Tirso foi realizado um rastreio visual e de daltonismo, destinado a todos os alunos do 4º ano, no dia 7 de novembro.


Os alunos responderam a um questionário, elaboraram um pré-teste e pós-teste relativo ao projeto, e ouviram uma história de Silvio Maltez - "Uma história inclusiva",visualizada na biblioteca da escola. No dia receberam ainda um kit ColorADD, composto por lápis de cor adaptados, um livro para colorir e um saco.
Esta iniciativa visou a deteção e integração social do individuo daltónico, bem como a sensibilização dos alunos para esta temática.