No mês de janeiro, os alunos do Pré-escolar, 1º e 2º anos da Escola Básica de S. Tomé de Negrelos, assistiram em diferentes dias, a palestras orientadas pelo Agente Pinheiro, que faz parte da equipa da Escola Segura. Nessas sessões, os alunos aprenderam e relembraram as regras de segurança a adotar enquanto peões e enquanto passageiros e, foram sensibilizados para a importância do cumprimento das mesmas. Estas crianças foram ainda incumbidas de lembrar aos pais ou adultos que as acompanham na rua, da obrigatoriedade do seu cumprimento para assegurar a segurança e o bem estar de todos, uma vez que, muitas das vezes, os adultos são os primeiros a “esquecer” essas mesmas normas de segurança.

A comunidade educativa da Escola Básica de Vila das Aves continua a participar com muito entusiasmo na campanha de recolha de tampas de plástico de embalagens, iniciativa que visa incentivar a comunidade escolar a desenvolver atividades de recolha seletiva dos resíduos e sensibilizar para a importância da reciclagem. Além disso, constitui uma ação de solidariedade em prol da unidade de multideficiência da Escola Básica de S. Tomé de Negrelos, onde são entregues as tampas recolhidas, que lhes dará o devido encaminhamento. O valor de contrapartida recebido permitirá a aquisição de materiais ortopédicos para os utentes dessa unidade.

No dia 27 de janeiro, recorda-se a memória dos milhões de pessoas que foram vítimas do Holocausto. O dia foi instituído pelas Nações Unidas em 2005, para relembrar a libertação dos judeus do campo de concentração de Auschwitz, pelas tropas soviéticas, em 27 de janeiro de 1945.
A EBSTN – AEDAH decidiu lembrar a memória de milhões de pessoas – homens, mulheres e crianças - brutalmente assassinadas pelo simples facto de serem judeus, ciganos, eslavos, homossexuais ou por serem opositores políticos. Assim, a nossa escola levou a cabo um conjunto de iniciativas para recordar todas estas vítimas, através de várias exposições pelos espaços da nossa Escola com desenhos elaborados por vítimas dos campos de concentração, fotografias da passagem de alunos da EBSTN pelo campo de extermínio de Auschwitz no âmbito do Projeto Erasmus, trabalhos elaborados pelos alunos, a construção de um campo de concentração e a passagem de documentários de sobreviventes do holocausto que contam os horrores por que passaram, documentários estes, direcionados para os alunos dos 9º anos, pois o Holocausto é um dos temas do currículo na disciplina de História.

Mais de uma centena de alunos acompanhados pelos docentes e assistentes operacionais, cumpriram a tradição que se assinala em Dia de Reis. Enfeitados com coroas de Reis e Rainhas, as crianças entoaram as cantigas ensaiadas para assinalar esta data.
Esta tradição tem vindo a realizar-se ano após ano. “Cantar os Reis/Janeiras” são tradições antigas e têm origem na ocupação romana. Na mitologia romana, JANO era o porteiro celestial, sendo representado com duas cabeças, simbolizando o passado e o futuro. Era o responsável por encerrar o ano velho e abrir as portas para o ano que se iniciava. O cristianismo transformou esta tradição pagã na anunciação do nascimento do Menino, passando a desejar-se um Feliz Ano Novo e alargando-a até ao Dia de Reis.

A data 27 de janeiro tem um significado especial, porque foi o dia em que as tropas soviéticas libertaram o principal campo de concentração nazi, Auschwitz.
O dia é celebrado em todo o mundo com várias atividades que recordam todas as vítimas dos campos de extermínio. A EBSTN aliou-se a estas iniciativas com uma exposição que vai estar patente pelos vários espaços da nossa Escola entre os dias 22 de janeiro a 2 de fevereiro.