Alberto Santos e Conchi de Sousa Mateos.

A BE proporcionou mais encontros literários de excelência com a vinda, à escola secundária, dos escritores Alberto Santos e Conchi de Sousa Mateos, protagonistas do Convívio Literário Ibérico promovido pela Cooperativa de Entre os Aves. Foram levantadas questões pertinentes, junto de alunos e professores, a pretexto das respetivas obras em debate: “As Amantes de Buenos Aires” e “Meiga, en tiempo de dalias”.

Alberto Santos, sem nunca desvalorizar as novas plataformas do mundo digital, destacou a mais-valia da leitura, invocando a regra dos três “E” (Entreter, Ensinar e Emocionar), para além de ter referenciado alguns aspetos curiosos associados ao ato da escrita, em que, na busca da verosimilhança, a verdade dos factos toma, magicamente, o seu lugar.

Conchi de Sousa Mateos partilhou com os alunos a importância do simbolismo na escrita literária, do poder que pode ter uma simples frase. Demonstrou, ainda, a diferença entre descrever algo ou alguém e chegar ao leitor, às suas vivências, através do recurso aos diferentes sentidos.

Uma experiência magnífica que uniu, uma vez mais, os dois países, as duas culturas e muitos leitores.

 

Partilhe nas redes sociais: These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • del.icio.us
  • Reddit
  • Ask
  • email
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *